São Caetano do Sul / SP - terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Hérnia de Disco lombar

É uma causa frequente de lombalgia e lombociatalgia. Discos flexíveis cartilaginosos separam as vértebras. Os discos intervertebrais são compostos por um anel cartilaginoso externo e um centro macio e gelatinoso que atua como amortecedor protegendo a medula espinhal. Atividade, desgaste ou problemas mecânicos podem causar perda de água, abaulamento e modificação na forma do disco. Estas alterações podem levar a uma compressão ou irritação da raiz nervosa causando dor.

             

 

RESSONÂNCIA NUCLEAR

 

 

Características Clínicas

  • Os sintomas costumam iniciar com dor lombar evoluindo progressivamente para dor irradiada a coxa, perna e pé de um dos lados 
  • A dor usualmente melhora coma flexão da coxa e da perna.
  • Movimentos pioram a dor.
  • Há a necessidade de mudar sempre de posição
  • Tosse, espirro e a defecação exacerbam o quadro doloroso: o que é observado em cerca de 90 % do pacientes.
  • Dificuldade para urinar e diminuição da força especialmente para levantar o pé ou os dedos são sinais de urgência.